wordpress

Elementor Não Salva Página, Erro No Servidor

O Elementor é um construtor de página muito popular entre os usuários de sites WordPress. Com ele você pode criar páginas incríveis usando apenas sua imaginação sem necessidade de ser um desenvolvedor ou ter algum tipo de conhecimento técnico avançado.

Mas nem tudo são flores, o Elementor é um devorador de memória e quando você começa a fazer páginas maiores inserindo mais variáveis e elementos, os problemas começam a acontecer e você não consegue mais salvar ou editar.

Mensagens como erro 500, erro interno, erro no servidor ou há um erro crítico no site surgem na tela e nos fazem perder a paciência. A hospedagem é logo tratada como a responsável pelo problema mas nem sempre o é.

Hoje vou te mostrar como resolver esse problema de forma rápida e simples, sem enrolação,  esse guia é indicado especialmente para a hospedagem cPanel da Speedinx mas você pode aplicar em qualquer tipo de servidor, servidor VPS, Cloud ou Dedicado.

Lembrando que esse método não será a solução para todos os casos, as vezes será necessário debugar o erro para saber de fato se é problema com memória.

1 – Hospedagens Compartilhadas Limitam Recursos

Se você caiu no conto do vigário e contratou alguma “hospedagem ilimitada” mesmo que você siga esse pequeno tutorial, seu problema não será resolvido.

Como o Elementor é uma ferramenta que consome bastante recursos de memória e até mesmo de computação, seu primeiro passo é procurar uma hospedagem de boa qualidade, de preferência algum serviço que disponibilize serviços computacionais de alto desempenho.

Depois irei abordar isso em um vídeo mais detalhado, mas basicamente através de um software chamado Cloudlinux, literalmente todos os recursos do servidor são controlados a fim de estrangular sua conta de hospedagem (cPanel, Plesk, DirectAdmin e outros painéis) para impedir que o seu site execute os processos que precisa para rodar rápido e feliz.

É por isso que o site está sempre com erro 500, problemas para conectar no banco de dados, lentidões excessivas e por aí vai.

Um exemplo de pacote  / plano “ilimitado” em serviços que rodam Cloudlinux por exemplo, é definir que sua conta pode executar 20 processos por vez, ter link de apenas 1mbit/s, restringir as conexões ao banco de dados, limitar a memória do php, restringir a velocidade de leitura e gravação em disco etc etc.

Por isso uma escolha sábia seria investir em alguma solução que te ofereça performance máxima.

2 – Fazendo o Elementor Trabalar Direito

2.1 – Acesse o painel cPanel através do link seu-doinio.com/cpanel e efetue o login.

login cpanel

2.2 – Vá até a seção Software e clique em MultiPHP INI Editor.

editor-php-ini

2.3 – Selecione o domínio em que o Elementor está apresentando erros.

elementor-php-editor

2.4 – Defina as variáveis do php exatamente como mostrado na imagem a seguir e clique em APLICAR.

elementor-variaveis-php

2.5 – Clique no logo do cPanel para voltar a página inicial do painel e clique em GERENCIADOR DE ARQUIVOS.

cpanel-arquivos

2.6 – Agora vamos com calma para não fazermos besteira e acabar deletando algo importante. Se o site que precisa ser corrigido for o domínio principal da conta, você vai entrar em public_html, selecionar o arquivo wp-config.php,  clicar com o botão direito do mouse e então clicar em editar. SEM PRESSA!

elementor-pasta
elementor-wp-config

Mas e se não for o domínio principal da conta? Não adianta desespero, não saia criando pastas ou arquivos, simplesmente faça o seguinte: Volte a página inicial do cPanel e vá até Domínios de Complementos, logo ao lado você vai ver o item Raiz do documento, aqui você vai encontrar o local da pasta que está o wp-config correto para o domínio adicional. Sabendo disso é só voltar ao gerenciador de arquivos e calmamente navegar até a pasta desejada.

2.7 – Dando continuidade, clique em EDIT conforme imagem acima,  uma janela se abrirá confirmando o arquivo que será editado, clique em EDIT para confirmar.

2.8 – Quase lá! Agora o editor se abre e o que você precisa fazer é adicionar ou editar (caso exista) uma simples linha de código, deixando assim:

define( 'WP_MEMORY_LIMIT', '1024M' );

elementor-memory-limit

2.9 – Clique no botão azul no canto superior direito SALVAR ALTERAÇÕES, saia do Elementor e entre novamente e pronto, é só correr pro abraço.

cpanel-salvar-edicao

Não esqueça de fechar o cPanel por segurança.

Parabéns por ter seguido o tutorial até aqui.

Tags:
cloud wordpresselementorerro 500erro criticohospedagem cpanelmemoria elementorspeedinx

Mais Tutoriais

Acelerando o WordPress com Litespeed Cache

Ajuda?

Fale com a gente no whatsapp e tire todas as suas dúvidas agora mesmo.

Menu